Pandemia acelerou e-commerce em dois anos. Espanhóis “muito satisfeitos” com Correos em Portugal

02-11-2020

A Correos Express Portugal estima que a pandemia tenha acelerado o negócio do e-commerce em Portugal para níveis "que se esperavam apenas dentro de um ou dois anos". Espanhóis estão "satisfeitos".

Mais de um ano depois de lançarem a empresa em Portugal, com a compra de 51% da Rangel Expresso, os espanhóis da Correos estão "muito satisfeitos" com a evolução do negócio das encomendas no país. "Desde o arranque da parceria, tivemos um crescimento de três dígitos na nossa atividade, em comparação com o mesmo período do ano anterior", afirma ao ECO Juan Hermida, diretor-geral da Correos Express Portugal.

O gestor explica a tendência com o "aumento do comércio eletrónico". Atualmente, Portugal representa 40% do negócio, enquanto Espanha pesa 36% na Correos Expresso Portugal. Os restantes 24% correspondem à atividade internacional. "Acreditamos que, no futuro, o maior crescimento se faça sentir em Portugal. É esperado nos próximos anos um crescimento no e-commerce", salienta Juan Hermida. 

A Correos Express Portugal não revela quanto dos quatro milhões de euros que previa investir nos primeiros três anos da "parceria". "Estamos muito próximos do valor inicial que tínhamos previsto, sobretudo no que diz respeito a investimentos em automação e tecnologia", aponta o gestor. 

Para mais informação acesse: https://eco.sapo.pt/2020/10/30/pandemia-acelerou-e-commerce-em-dois-anos-espanhois-muito-satisfeitos-com-correos-em-portugal/